telemedicina

Telemedicina e recursos humanos: entenda a relação entre eles

A medicina entrou de vez no mundo virtual a partir de atendimento médico à distância em situações específicas, também conhecido como telemedicina.


Primeiramente, vale destacar que trata-se de um método complementar ao tradicional capaz de ampliar o acesso das pessoas à saúde.


Em paralelo, a telemedicina ganha força e alcance principalmente pelo isolamento social que vivemos, o que previne a saúde dos pacientes.


Em contrapartida, diagnósticos e exames presenciais como oftalmologia, urologia e ginecologia não podem acontecer virtualmente.

Telemedicina e Recursos Humanos

No ambiente corporativo a telemedicina tem papel fundamental para o desafio da gestão eficiente da saúde dos colaboradores.

Ou seja, a partir do modelo virtual, a assistência médica passa a ter menor impacto nos custos corporativos e nos recursos financeiros.

Atualmente as empresas podem adotar benefícios de assistência médica que representem mais sustentabilidade para as finanças.

Nesse cenário, o uso da tecnologia ajuda com diagnóstico de doenças, assim como avaliações e controle de condições de saúde de um paciente, por exemplo.

Isto significa que as consultas via telemedicina podem ser feitas de qualquer lugar, evitando deslocamentos desnecessários e perda de tempo.

A partir desta nova gestão da saúde os pacientes conseguem fazer consultas aos seus médicos via mensagens instantâneas.

De acordo com uma pesquisa da Accenture feita em 2016, o Brasil é o país com maior número de pacientes que trocaram dados com seus médicos (84%) contra 40% da média global.

Benefícios da medicina virtual para o RH

A telemedicina faz parte da operação do hospital Albert EInstein desde 2012 com atendimento remoto para diagnósticos e para conduzir tratamentos.

Atualmente, o projeto do Ambulatório Virtual funciona para colaboradores em uma unidade administrativa do hospital.

Neste modelo de atendimento os pacientes conseguem consultas para casos simples como dor de cabeça, por exemplo, a partir de uma teleconferência com o médico.

Por outro lado, os médicos contam com a inteligência artificial para ajudar na tomada de decisão médica

Na Gerdau, o software médico para colaboradores consegue entender o que as pessoas vivem até chegar ao trabalho, criando um plano de manejo de problemas.

Telemedicina em tempos de pandemia

Definitivamente a telemedicina não funciona como a única solução de saúde.

Porém, o momento que vivemos de isolamento social, exige que toda exposição seja evitada e, por isso, a telemedicina surge como solução em prevenção além de reduzir custos com saúde.

Principalmente para casos de atendimento com especialistas que podem oferecer uma atenção primária aos pacientes.

Ao criar a possibilidade de diminuir a distância entre os médicos e pacientes, sistemas como o BellaMaterna trazem tranquilidade e maior controle para as gestantes.

Nesta plataforma o foco está em evitar idas desnecessárias ao hospital visando a saúde da mamãe e do bebê com informação profissional.

A plataforma conta com enfermeiras obstetras, pediatras, nutricionistas e consultoras de amamentação capacitadas para fazer o atendimento virtual.

Saúde corporativa

Resumindo, o BellaMaterna oferece suporte para gestantes e mães durante 24 horas e conta com serviço para saúde corporativa.  

O acompanhamento durante a gravidez é feito por profissionais especializados para colaboradoras gestantes. 

Para as empresas, isto significa reduzir faltas e atrasos, maior produtividade como reflexo da satisfação com a empresa e redução de custos com saúde.

Quer saber mais sobre todas as funcionalidades deste sistema! Então descubra tudo sobre a solução BellaMaterna

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *